Myspace Photo Cube

as minhas fotos

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

AMOR!...

MEU AMOR

S O N H A R

35 Deliciosos Anos

FELIZ DIA de S.VALENTIM

A M O R

Nosso amor é mais forte

MARGARIDA

O MEU OLHAR

PARA TI...

arquivos

Agosto 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

DIÁLOGO C/ O MEU AMOR

 

Não sei se devo dizer-te o que devo ou deveria...
Não sei se posso dizê-lo amanhã... ou em outro dia...
Mas tudo faria para te dizer... talvez até sussurrando...
Remoendo sentimentos... e palavras revirando, revirando

Não sei...
Sinceramente não sei se devo dizer-te o que gostaria neste momento...
É... sabe... é... É algo assim tão... tão... Não sei... talvez soe como lamento...
Não sei... Meu Deus!!!! Eu não sei... O pensamento vaga, vaga... vaga inútil...
Eu quero dizer... Mas... mas podes pensar que sou fútil...

Eu quero dizer. Tenho que dizer-te para aliviar esta tormenta...
Fico indeciso... Preciso me abrir... ou é oito ou oitenta...
Não sei se vou ter coragem... que estranho!
Eu queria dizer-te... mas não sai... não consigo... me acanho...

Ah... meu amor... eu queria tanto falar... normalmente ou gritando...
Já teria falado... os dias passam e isso... isso vai acumulando...
Vai acabar me sufocando... ...essa coisa estranha... eu não digo e me dano...
Neste instante você pode estar pensando: "ele quer dizer: 'estou-te amando"...

Não... não é isso que eu quero dizer-te.
"Já sei! 'Amo você, sabia"?
Não... embora verdade seja... não é isso que eu queria...
É algo como... Meu Deus... dê uma mãozinha...
"Já sei... desculpe-me... estou me intrometendo no seu poema"...

Não... por favor... não é isso... eu preciso dizer-te... Mas não sei se o devo...
Há aqui dentro um enlêvo... estou intranqüilo... sinto vontade suprema...
Mas eu não sei se devo dizer...
Nossa!!!!!! no intranquilo enganei-me e coloquei o trema!

"Já sei! Já sei! Deves dizer aquilo que eu já te disse: amo-te para sempre..."
Não... isso não... Eu quero dizer com rima... não encontraria para a palavra... "sempre..."
Mesmo que tente... existe "trempe"... mas que palavras a sustentariam?
Já estou tão perdido... Não sei como dizer-te... e ainda uma rima... Não... não arranjaria!

"Já sei! E se na frente do sempre... por exemplo: 'amo-te para sempre... isso basta"?
É... "basta" rima com casta, ginasta, entusiasta, afasta, basta... e tantos outros "asta"...

Mas o que eu quero dizer-te termina com "ão". E rimas pra ão... tem de montão!
"Então... é só dizer! Qual a dificuldade? Quer dizer alguma coisa sobre... coração"?
Não... "Não"? Não...
Tu sabes o que é... É que a palavra está aqui... na ponta da língua...
Mas é que não sei como dizer-te... independente da rima...
Embora ficaria muito mais bonito... se a palavra fosse rimada...
"Já sei! Você está tentando dizer-me que sou tua amada..."

Não! Eu disse: termina com "ão"... Mas sinto receio... E se tu rires...
"Prometo. Sou toda atenção... Meu Deus!!!!! Será um não? "e..."??????
hummmmmmmmmmmmmmmmmm Sei não... sei não sei... e quanto ao e...
Desculpa-me... esqueci-me! Mas vou lembrar-me um dia... prometo...

 

publicado por You & Me às 01:12
link do post | comentar | favorito
|